Bookaholic - Irmandade da Adaga Negra

Hello Everyone!
Tem algum outro viciado em livros por aí? Pois eu sou, e do tipo que os pais dizem: “Eu vou te internar se você não largar isso e sair de casa!” (True Story). E uma das minhas séries de livros favorita, vai lançar o 11° livro em breve. Estou falando da “Irmandade da Adaga Negra”. E eu acho que todos deveriam ler U_U.
A autora...
jr-ward
Jessica Rowley Pell Bird é uma escritora norte-americana de Massachusetts, EUA, que sob o nome de Jessica Bird escreve romances contemporâneos e sob o nome de J.R. Ward escreve romances paranormais.
Jessica gosta de incorporar personagens dos seus livros anteriores nas obras que está escrevendo, ela diz que gosta da ideia de que você conhece amigos novos através dos amigos antigos e baseado nisso “Irmandade da Adaga Negra” tem uma série de livros sobre uma história paralela, chamada “Fallen Angels”.
Irmandade da Adaga Negra (Black Dagger Brotherhood)...
Capas-irmandade-adaga-negra-Large
Sinopse: “Irmandade da Adaga Negra” (IDAN ou BDB para os íntimos) é uma série de romances sobrenaturais focados numa sociedade de vampiros guerreiros que tem o dever de proteger a raça contra os Lessers, mortos-vivos sem alma que ameaçam a raça dos vampiros.
IDAN tem sua própria mitologia, os vampiros Morcego vampiro são uma raça distinta vivendo entre os humanos e tentando passar despercebidos (mais ou menos). Não! Não tem nada a ver com “Crepúsculo”. Os guerreiros da IDAN são do time do bem, mas isso não os impede de serem grandes, ter cara de mal, torrar no Sol, ser cheios de testosterona, ouvir heavy metal e rap, beberem whisky, vodka, tequila…ÁLCOOL em geral. Estão longe de se encaixar no ideal de perfeição, sugam sangue e travam lutas mortais e.... eles fazem sexo!
Isso não significa que não tenha uma boa dose de romance, afinal o livro....é um romance. A diferença é que não é aquele romance colegial, água açúcar, e todo suspiros. Tem sangue, suor e lágrimas. Não, também não é como “50 Tons de Cinza”, tem um dos guerreiros que curte uma coisa mais sinistra, mas os livros estão longe de ficar centrados nessa coisa de ‘kinky porn’, SM e tal.
The-Black-Dagger-Brotherhood-the-black-dagger-brotherhood-series-13881582-1280-800
Tem moral da história, tem relacionamentos bem desenvolvidos, tem personagens únicos e inteligentes, tem superpoderes, e uma coisa que eu amo muito, muito mesmo: uma cultura própria para raça dos vampiros. Com direito a língua criada pela autora (não é um vocabulário inteiro, mas várias palavras únicas, que descrevem coisas com significados muito importantes pra eles), rituais próprios, divindades, entidades místicas, vestimentas, biologia distinta, entre outros.
Os guerreiros/irmãos...
Cada um dos guerreiros tem uma característica que ao primeiro momento você vê como ‘defeito’ e que depois você vai se envolvendo tanto com os personagens que tudo acaba deixando de ser um ‘defeito’. O que nós vemos como deficiência, eles mostram que podem muito bem superar e ainda serem os caras mais fodões do mundo! Ao invés de ficar chorando num cantinho, eles conversam de uma vez sobre os problemas, superam e vão combater o mal. Não é fácil, mas todo mundo é capaz e eles mostram isso. Conhecendo um a um você vai entender melhor. Vou falar um pouquinho só dos seis principais que você vai conhecer logo de cara no primeiro livro, assim não dou spoilers sobre a história!
Wrath: é o último vampiro de sangue puro e rei da raça. Ele é conhecido como “O Rei Cego”, porque...ele é cego. (Capitão Óbvio Nhé-nhé) Ele é alto, moreno, bronzeado, forte, cabeludo, e perigoso. Ele detesta ser o rei, ele adora lutar! Depois que o amigo Darius morre e como último desejo pede para o Wrath cuidar da filha dele, Wrath acaba se apaixonando pela mulher.
Thorment: filho ‘chutado’ pelo pai extremamente ‘mala’, ele foi adotado por Darius e se tornou um dos guerreiros da IDAN. É o cara sério, calmo e casado, que assume a liderança da IDAN depois que Wrath é obrigado a assumir o trono. Mas não se engane, no campo de batalha ele é um dos melhores, já que não é completamente maluco que nem os outros na hora de colocar o pescoço na linha. J.R. Ward não mede esforços pra fazer o coitado sofrer e o nome dele fazer sentido.
Rhage: é o palhaço da turma, o mais safado e como parece um ator de cinema os outros o chamam de Hollywood só pra sacanear ele que se acha uma delícia (e é). Ele é loiro, alto, forte, tem uma tattoo badass nas costas de um dragão e vez ou outra ele é consumido por ela e vira um dragão-bestadoinferno-dinossauro, por que ele era um babaca imprudente que irritou a toda poderosa Virgem Escriba que o amaldiçoou para todo sempre.
Zsadist: é um cara muito, muito assustador, com cicatrizes por todo o corpo e rosto. Ele tolera as pessoas, às vezes, na maioria do tempo ele só quer que o deixem em paz pra ele não ter que arrancar a cabeça de ninguém. Ele foi sequestrado quando criança e cresceu como um escravo, quando ele ficou bonito demais pra ser um escravo comum, uma mulher do mal começou a usar ele como escravo de sangue, e como ele se recusava a agarrar a nojenta psicopata, ela torturava ele. Apesar de tudo ele tem a voz de um anjo. Ele tem um irmão gêmeo chamado Phury.
Phury: é o irmão gêmeo do Zsadist, o gêmeo abençoado e o que se sacrifica sempre pelos outros, cresceu numa casa de luxo, foi bem cuidado, mas sempre lamentou não ter o irmão por perto e procurou Zsadist por todos os lugares do mundo. Quando ele finalmente conseguiu salvar o irmão ele teve que sacrificar a própria perna pra que eles pudessem fugir, então ele usa uma prótese. Phury, como o próprio nome diz, é o puro da história, não porque ele quer se guardar para o casamento, ou qualquer coisa assim, mas sim porque ele acha que foi muito abençoado, enquanto o irmão sofreu demais, então ele pune a si mesmo com um voto de celibato.
Vishous: é o “Christian Grey” da história...ele tem uma tatuagem no rosto e um testículo a menos Smiley surpreso. Tudo porque o pai dele o mandou fazer algo horrível com alguém e ele se recusou! Ele não sabe quem é a mãe dele e cresceu com esse FDP que ele tinha que chamar de pai e que era conhecido como o vampiro mais cruel de todos, talvez por esses traumas de infância ele goste de umas coisas sinistras . Vishous tem uma mão mágica (e eu to falando literalmente), ele é capaz de queimar, destruir, purificar, entre outros. Ele é o hacker, senhor das armas, o MacGyver da IDAN.
Eles têm uma sociedade um tanto quanto machista, mas daí cada um deles se apaixona por uma mulher pior (MELHOR) que a outra, que não levam desaforo pra casa, e fazem o que bem entender. Inteligentes e determinadas, eles mandam no campo de batalha, mas elas é que mandam neles! Não, mentira, eu to brincando é uma via de mão dupla, como deve ser um relacionamento. O que chega a ser engraçado é que a J.R. Ward criou a raça de vampiros homens, potencializando todos os traços masculinos que nós conhecemos bem. Eles são fortes demais, possessivos demais, teimosos demais, imprudentes demais, arrogantes demais!
Os livros ainda tem, sympaths, sombras, anjos, mas você vai ter que ler pra conhecer!
irmandade-bienal
Os títulos dos livros da IDAN no Brasil são:
1) AMANTE SOMBRIO (Dark Lover)
2) AMANTE ETERNO (Lover Eternal)
3) AMANTE DESPERTO (Lover Awakened)
4) AMANTE REVELADO (Lover Revealed)
5) AMANTE LIBERTO (Lover Unbound)
6) AMANTE CONSAGRADO (Lover Enshrined)
7) AMANTE VINGADO (Lover Avenged)
8) AMANTE MEU (Lover Mine)
9) AMANTE LIBERTADA (Lover Unleashed)
10) AMANTE RENASCIDO (Lover Reborn)
Eu já li os 10 primeiros livros e adorei todos, o 11° tem lançamento previsto para 26 de março de 2013 e se chamará “Lover At Last”!
Para mais informações técnicas e as sinopses de cada um dos livros visite o SOBRELIVROS.COM – IRMANDADE DA ADAGA NEGRA
As fanarts incríveis que vocês viram aqui estão AQUI na página do DeviantART da Anyae, uma artista norte-americana que tem muitos desenhos incríveis além desses da IDAN.
Deus, ele até sabia o nome deles. Rhage, Phury e o cara assustador pra caralho Zsadist. Sim, nada de nomes como Tom, Dick e Harry para os vampiros. Mas vamos lá! Você realmente consegue imaginar algum sanguessuga letal chamado Howard? Eugene?”  (Amante Sombrio) A vida é um trauma tão glorioso, não é?” (Amante Vingado) 
Abraço de Urso
Dryka B.

4 comentários:

  1. então.... uma certa pessoa, mais conhecida como a dona deste blog, me viciou nesses livros antes mesmo de eu começar a ler eles... de tanto que me falava desses vampiros, guerra contra lessers, virgem escriba, claro que não pode faltar os GUERREIROS entre outros tantos.... que contava entre uma aula e outra!!!! mas por que são MUITO BONS MESMOS!!!! vale a pena ler!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mal posso esperar pelo próximo!!! *___* Vai ser....diferente, de um jeito muito muito legal! Quero ver como a JR Ward vai fazer pra história dar certo com a Layla no meio do rolo!

      Excluir
  2. eu não sabia que eram dessa coleção, mas depois de 50 tons e a travessia, essa série é a que mais vende na leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas é MELHOR!!!! Muito melhor!! U_U
      Repare nessas pessoas que compram os livros de IDAN, elas provavelmente são legais! U_U Heheheehehheheh

      Excluir



Dryelli, 24 anos, Maringá, PR