Brigadeiro com Pipoca - Flower Boy Next Door

Hello Everyone!
Alguém sabe o que são os “Flower Boys”? Se você não é fã da cultura coreana, provavelmente não, e mesmo se é talvez não saiba exatamente.
Flower Boy é um termo usado na Coréia e em alguns outros países da Ásia para denominar certo tipo de homem. Flower boy é quase equivalente ao que chamamos de metrossexual, mas o termo vai mais além…
Esse termo remete ao século X, onde os ‘Hwarangs’ ou Flower Boys eram um grupo de elite, samurais conhecidos por serem brilhantes estudantes e artistas, e por ter aparência espetacular. Usavam diversos acessórios e cosméticos da época. Eles eram treinados em artes marciais, e faziam vários treinamentos para manter o corpo forte. Os Hwarangs baseavam suas vidas em um código de honra que dizia: Ser leal ao rei, amar e respeitar os pais e professores, confiar e ser digno de confiança para os amigos, nunca se retirar da batalha e nunca tirar uma vida sem uma causa justa.  Essa história se tornou popular na Coréia depois de 1945 apenas, e é a origem do termo flower boy que hoje é grande parte da cultura k-pop, mas que tem um significado muio mais superficial que os dos guerreiros Hwarangs.
Flower boys cuidam da aparência, tanto quanto ou mais que uma mulher, o corpo, a pele, cabelos, mãos e pés. Nada é negligenciado por um flower boy. Alguns inclusive usam maquiagem, não maquiagem de mulher, sombra, blush entre outros, é mais base (BB Cream) pra garantir a pele perfeita! Tudo bem…às vezes eyeliner e lipbalm incolor ou hidratante labial também… (^^’’) Além disso, estão sempre dentro da moda, seguem as tendências e se preocupam em ter roupas de qualidade com acabamento e caimento perfeito e cheios de estilo.
Slide1Slide4
Em inglês quando elogiamos a aparência de um homem usamos o termo ‘handsome’ e quando elogiamos a aparência de uma mulher usamos o termo ‘pretty’, flower boy é como se descrevesse um homem como ‘pretty-handsome’, como se ele se destacasse em termos de aparência não só entre os homens, mas entre as mulheres também, por possuirem muitas vezes traços delicados tipicamente femininos em seu rosto, não é um termo que exatamente fere a masculinidade, e não é determinante para definir a sexualidade. Flower boys na verdade são extremamente populares entre as mulheres.
Por outro lado, os mais conservadores podem sim usar o termo para designar homens que agem de um jeito feminino demais para serem considerados heterossexuais, enquanto os homens mais brutos e despreocupados com a aparência garantem que não é bom ser um ‘flower boy’, muitas mulheres suspiram pelos homens que não tem medo de ser sensível, fofos e assumir a vaidade.
Slide2Slide3
Flower boys são tão populares que há uma série de doramas (seres asiáticas) que focam nesse tipo de homem, “You’re Beautiful”, “Boys Over Flower”, e tem até uma franquia de séries chamada “Oh! Boy” com três doramas já bem sucedidos: “Flower Boy Ramyun Shop”, “Shut Up! Flower Boy Band” e o último “Flower Boy Next Door”.
Da série “Oh! Boy” por enquanto apenas vi o último “Flower Boy Next Door” e posso recomendar sem sombra de dúvidas! É um dorama incrível!
Flower Boy Next Door
Flower-Boy-Next-Door-korean-dramas-33284045-1280-720
Sinopse: DokMi é uma é uma garota de 20 e poucos anos que vive trancada em seu apartamento. Depois de acontecimentos do passado DokMi perdeu a confiança nas pessoas e só sente-se bem sozinha. O único escape para o mundo é observar a rotina de um rapaz no prédio em frente ao seu. Um dia em uma dessas espiadas DokMi é surpreendida por Enrique Geum, um gênio dos videogames. Divertido e cheio de estilo Enrique faz o possível e o impossível para trazer DokMi de volta ao mundo. Enquanto isso, JinRak o vizinho de DokMi, nutre uma paixão silenciosa por ela. JinRak é um desenhista e escritor de webtoons e se inspira na vida de DokMi para escrever uma nova história. Ao contrário de Enrique com sua personalidade caótica que tenta trazer DokMi pro mundo de uma vez, JinRak não gosta de forçar a moça a sair da concha e sempre toma cuidado ao se aproximar. Com Enrique Geum e JinRak do lado, DokMi aprende aos poucos que nem todas as pessoas são maldosas e tem muito pra viver fora do seu apartamento.
Personagens
Go Dok Mi: Ela que um dia sonhou em ser escritora, ganha a vida editando textos de outras pessoas tudo pelo computador para não ter que interagir com ninguém. Telefones tocando, batidas na porta e multidões causam ataque de pânico em DokMi, que raramente sai de seu apartamento e não permite que ninguém entre.
Enrique Geum: sul-coreano criado na Espanha, Enrique é um gênio na criação de jogos, ele tem muitos fãs e muitas pessoas que acreditam que ele é um idiota arrogante. Sempre alegre e cheio de energia, Enrique apesar de parecer convencido, sempre coloca a felicidade dos outros na frente da própria e já teve o coração partido muitas vezes, mas nunca perdeu a fé no mundo.
Oh Jin Rak: com uma personalidade que é algo entre Enrique Geum e Dok Mi, Jin Rak apesar de gostar da vida dentro dos limites do seu apartamento, não tem problemas em sair e interagir com o mundo, mais quieto e introvertido que Enrique ele tenta não forçar DokMi a mudar completamente de rotina. Ele divide o pequeno apartamento com o melhor amigo e assistente Yoo Dong Hoon.
Yoo Dong Hoon: Dong Hoon sonha em trabalhar inteiramente como desenhista, mas pra ganhar dinheiro acaba trabalhando a noite, ele esconde a vida e o trabalho noturno tentando parecer um mulherengo.
Watanabe Ryu: é um misterioso japonês que viaja o mundo para aprender a culinária local, é quando Watanabe chega ao prédio que a vida de DokMi muda completamente. O encontro semanal para ensinar os moradores a cozinhar é onde DokMi passa a fazer amigos.
Hong Soon Chul: o segurança do prédio apaixonado pela senhora do apartamento em frente ao de DokMi, ele é um senhor gentil que protege DokMi dos outros e também a razão pela qual DokMi se mudou para o edifício, Soon Chul faz com que todos os moradores se sintam como parte de uma grande família.
Cha Do-hwi: a melhor amiga de Dok Mi e também a razão pela qual DokMi perdeu completamente a fé nas pessoas, é mimada, interesseira e comanda uma mini boutique de roupas.
Kim Seul-gie (editora de webtoons): a chefe de JinRak e Dong Hoon, uma viciada em trabalho, que tem as emoções sempre a flor da pele e olheiras terríveis, é também uma das personagens mais divertidas e os seus funcionários morrem de medo dela, até que ela começa a anotar e colocar em prática as dicas deles para ela se tornar uma mulher atraente.
tumblr_mhqiriHW8B1s25yh2o1_5008366777285_a7ee2491acboysfbnd1y2
O dorama é incrível, cheio de lições importantes, e personagens interessantes, e mostra problemas reais! A trama é desenvolvida lindamente, nenhum episódio é chato e a história não se arrasta em nenhum momento, cada detalhe tem uma razão. Situações hilárias e atuação fantástica. O elenco de apoio é maravilhoso e tem o tempo suficiente em cena pra desenvolver seus personagens e contar suas próprias histórias.
“Flower Boy Next Door” de todos os doramas que já assisti tem o final mais bem feito e simbólico. O autor conseguiu distribuir o tempo perfeitamente para fechar todas as histórias e transmitir toda a intenção da série. Vale muito a pena ver!
Kouki-Mizouta-Flower-Boy-Next-Door-Fashion3tumblr_mhisz5OUIz1qaftzro1_1280tumblr_misnheqME81rlpb0oo1_500
“Flower Boy Next Door” tem 16 episódios e pode ser visto online AQUI pelo viki.com, basta clicar em ‘AVAILABLE LANGUAGE’ no canto direito embaixo do video e selecionar o idioma Português.
Gostaram da dica? Já ouviram falar sobre esse dorama ou já assistiram?? Comenta aí!
Abraço de Urso Smiley piscando
Dryka B.

5 comentários:

  1. Pode até existir um certo preconceito sobre os Flower boys, mais está escrito em algum lugar que o homem não pode ser vaidoso ? Todos deveriam se inspirar nos flower boys e cuidarem mais de sí mesmos! E quanto as séries Oh!Boy.. já assisti todas e ambas são perfeitas, com finais dignos, como a Dry unnie disse sobre o final de FBND. Recomendo todos os 3 dramas, mas confesso que meu favorito entre eles é Shut Up Flower Boy Band ♥ Espero muito que essa franquia de séries Oh!Boy não pare por aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vou assistir os outros *________* assim que eu terminar "My Girlfriend is a Gumiho" que comecei e tô me divertindo muito!

      Excluir
  2. Adoreii o post! Ainda mais por saber de onde vem os "flower boys". Fato é que poderiam existir mais desses no Brasil para nossa alegria ^^ Recomendo os 3 doramas da série “Oh! Boy”, são ótimos.

    ResponderExcluir
  3. Garanto uma coisa: depois de começar com k-pop e k-dramas... danou-se. Já não largo a minha dose de k-pop e k-drama. Nem pensar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei bem como é, assisto vários doramas ao mesmo tempo e k-pop nem se fala, já ultrapassou o rock na minha paixão!

      Excluir



Dryelli, 24 anos, Maringá, PR