K-Pop 101 – A primeira vez a gente nunca esquece…

Desde que eu corria pra casa ver Cavaleiros do Zodíaco (CDZ) quando era pequena e ficava frustrada porque só chegava na música de encerramento, que eu sou uma apaixonada por animes. No fim, nunca assisti CDZ (trauma de infância), mas então eu assisti Sakura Card Captors, Dragon Ball Z (DBZ), InuYasha, e dezenas de outros. Soube então sabia que dali em diante sempre teria um pé na Ásia.
As aberturas e encerramentos de animes foi como eu conheci a música asiática... e que atire a primeira pedra quem não sabe cantar as aberturas de DBZ. “Posso pressentir o perigo e o caos....e ninguém agora vai me amedrontar!” ^^
tumblr_mqz70881UJ1rblej4o1_500
Foi nesse vício que uma amiga resolveu me mostrar a música original do 4°Encerramento de InuYasha (se não me engano). A música é “Every Heart” da BoA, e então ela teve que me explicar que a BoA estava cantando em Japonês, mas na verdade ela era coreana. Até então a única coisa que eu sabia sobre a Coréia era que havia duas e elas não se entendiam. Não sabia a diferença entre a língua japonesa, chinesa e coreana e provavelmente fui uma das ignorantes que acha que é tudo a mesma coisa. E aqui vai um problema, eu odiei cada segundo de “Every Heart”, a letra é linda claro, mas a voz dela e todo aquele vento no cabelo não me encantou, minha amiga ainda tentou algumas músicas mais animadas, vários conceitos, mas não teve jeito, a BoA nunca entrou no meu coração, apesar de ser uma das maiores cantoras da história da Ásia! Se um dia chegar à Ásia e perguntar pela rainha do pop, não espere que eles digam Madonna ou Britney Spears...eles dirão BoA.
Mas minha amiga não desistiu, ela então se deu conta de que eu gostava de rock, e como fã de Guns N Roses, Bon Jovi, Nightwish, Evanescence, Aerosmith, Queen....eu não iria gostar de BoA. Então ela me apresentou um MV com cara de anime, e homens lindos dançando rock pesado. Sim é verdade, pode conferir “Tri-Angle” uma colaboração incrível entre DBSK, BoA e The TRAX, com uma letra profunda, uma melodia incrível… ok, claro que você vai rir dos cortes de cabelo e efeitos especiais ultrapassados, mas em 2007 eu achei mágico e diferente e o MV foi lançado em 2004. A música combinava perfeitamente com meu momento, que pra falar a verdade era um tanto quanto ‘dark’!
Minha amiga mostrou esse Music Video, porque ela é muito fã da BoA e já que eu gosto de rock ela achou que eu adoraria The TRAX, mas a verdade é que foi o DBSK quem me ganhou. Quando vi o moreno cabeludo da boca carnuda, eu logo pensei ‘ah meu Deus qual o nome dele e como eu me candidato ao casamento?’, hoje eu sei que o tal se chama Kim Jaejoong ou Hero (nome artístico) e que ele é bem mais que um rosto bonito, e que na verdade eu não teria chance mesmo que fosse a mulher mais linda e inteligente dessa Terra! ^^’’ Antes eu não sabia nada, nada mesmo, não se sinta mal se você não sabe quem é quem, e desconfia que um deles seja mulher, faz parte de ser k-popper, um dia quando você souber, vai humilhar os amiguinhos e querer bater na cabeça deles por errar o nome do seu ‘bias’ (guarde essa palavra, explicarei futuramente no Dicionário K-popper). Apenas nunca, jamais, os chame de ‘XingLing’, sério não seja essa pessoa!
200612141207827 O que poucos ou na verdade quase ninguém sabe, é que quando cheguei em casa procurei por esse video legendado (se eu ainda não sei falar mais do que meia dúzia de palavras coreanas agora, imagina antes), eu chorei da segunda frase até o fim, tudo que eu pensava sobre o mundo e sobre a vida eles disseram, tudo que eu precisava ouvir e que eu precisava por pra fora. Toda vez que eu pensava em desistir de tudo eu ouvia a música novamente, e de novo e de novo, até ter coragem pra seguir em frente e eu digo cheia de orgulho que essa música pesada e sofrida, até mesmo que alguns chamariam de ‘EMO’, me salvou.
Comecei a procurar mais videos do DBSK e do The TRAX e fui me envolvendo e me apaixonando cada vez mais e percebi que K-POP é na verdade um termo geral pra todo tipo de música cantada por coreanos, porque há uma imensidão de gêneros e estilos dentro do k-pop, o que falaremos em posts futuros.
 “Scorpio” do The TRAX ainda vai e volta na minha playlist o tempo todo! Ouça “Rhapsody” também, é em japonês, mas é minha favorita deles!
Sim! U_U Esse é o DBSK, meu grupo favorito. Sim, são os mesmos caras de “Tri-Angle”, cantando sobre querer seu gatinho por um dia, mas já era muito tarde pra voltar atrás no meu amor por eles e eu me apaixonei por “Hug” também, uma pessoa tem que gostar de uma música que chama “Abraço”, ok?!
Mas então anos depois descobri que na verdade meu primeiro MV de K-Pop  foi esse viral, que provavelmente a maioria aqui já viu, e como eu, achava que era japonês enquanto me debulhava em lágrimas! E esse continua sendo um dos MVs mais incríveis do mundo!
O KISS. começou com “Because I’m a Girl” e terminou assim também….se elas lançaram alguma outra coisa, ninguém nunca mais ouviu falar, só sei que elas se separaram logo depois. Primeira lição sobre K-Pop, só porque o lançamento foi um sucesso não significa que você ouvirá falar do grupo novamente.
Eu encerro por aqui hoje. Mandando um abraço pra minha amiga Renata que me apresentou o k-pop e me levou nesse caminho sem volta! E outro pra Camila Doreto que disse que eu precisava dar aulas de k-pop para iniciantes, porque ela mesmo tem curiosidade pra entender do que se trata tudo isso! Então tá aqui primeiro post da tag #KPOP101, todo sábado aqui no blog!
Abraço de Urso
Dryka B.

3 comentários:

  1. "... Com a minha mente vou a mil lugares ... e a imaginação me dá forças pra voar"

    Os animes foram minha porta de entrada para conhecer a cultura não só do japão, mas da ásia. Quanto mais conheço sobre a cultura daquele outro lado do mundo, mais fascinado fico!!!

    Só fui começar a conhecer sobre a cultura da coréia do sul quando eu estava no terceiro colegial, nos intervalos das aulas, quando a ingra ficava falando sobre as bandas e as musicas coreanas, e escrevendo os nomes de todos das bandas que ela conhecia na mesa e praticamente me fazendo decorar aqueles nomes estranhos (até hj eu não decorei)! XD

    O tempo foi passando e vi alguns doramas e k-filmes por muita insistência, e fiquei impressionado com a qualidade do que é produzido na coréia, os filmes possuem uma história envolvente, bem diferente dos enlatados americanos que acabei me acostumando.

    Esse foi o meu mini relato de como conheci um pouco da cultura coreana. XD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagina se eu fosse da mesma sala que você e a Ingra, a essa altura você já teria uma camiseta vermelha escrito CASSIOPEIA e teria servido de cobaia pra testar o penteado do Changmin em Tri-Angle kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Mas concordo com tudo que disse! Esse curso vai ter uma optativa sobre doramas também e cultura coreana em geral XD!!!

      Excluir
    2. Sabe o que foi pra mim encontrar alguém que não ria da minha cara por gostar do "backstreet boys chinês"??
      Eu PRECISAVA te passar todos os meus conhecimentos haha
      Eu já tinha passado muito tempo guardando eles só pra mim

      Excluir



Dryelli, 24 anos, Maringá, PR